Começa visitação a aldeia do povo Paiter-Suruí

Foi entregue na terça feira (17) o Plano de Negócio de Turismo da Terra Indígena Sete de Setembro, na aldeia Joaquim, da etnia Paiter-Suruí, próximo a Cacoal. Na ocasião estiveram presentes membros de várias tribos de Rondônia e do sul do Amazonas, lideradas pelo cacique Almir Suruí, anfitrião da festa, além do superintendente de Turismo do Estado, Basílio Leandro Pereira de Oliveira, membros da Associação Metareilá do povo indígena Paiter-Suruí, representantes da OngKanindé – Associação de Defesa Etnoambiental, membros da CSF-Conservação Estratégica e diversas autoridades da municipalidade local.

Continuar lendo

Escola pública é 1º lugar em concurso nacional

Escola estadual Celso Ferreira da Cunha venceu o concurso “Escola, Roteiro e Cinema: O lugar onde vivo”.

A escola estadual de ensino fundamental e médio Celso Ferreira da Cunha, situada no distrito do Riozinho, em Cacoal, participou do concurso “Escola, Roteiro e Cinema: O lugar onde vivo”, promovido pela OEI – Organização dos Estados Ibero-americanos para a Educação, Ciência e Cultura. Foram mais de 140 inscritos, sendo estudantes do ensino fundamental de diferentes regiões do país. Foram premiadas as cinco melhores histórias e a escola Celso Cunha conquistou a 1ª colocação.

Com o título “Uiteré: o lugar onde vivo”, os alunos roteiristas Jeferson Y. Pagãbi Suruí, Juliana M. J. D. K. Cinta Larga, Pangueka-Kup S. Cinta Larga e Pabikyt S. Cinta Larga, sob a orientação do professor Geraldo Gabliel e coordenação da supervisora escolar Fabrícia Miler de Paula Cintra, mostraram como é a vida nas aldeias indígenas de Cacoal.
Após esse resultado, o curta-metragem “Uiteré: o lugar onde vivo” será gravado e editado pela TV Escola. Já em julho de 2012, a Escola receberá a equipe de Brasília para as gravações. A próxima etapa, após o processo de gravação e edição, será a exibição do curta-metragem pelos alunos na Espanha, e, para tanto, a escola conta com o apoio do governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado da Educação e Coordenadoria Regional de Educação em Cacoal.
De acordo com a supervisora escolar Fabrícia Miler, “a escolha do tema desse roteiro valoriza a cultura indígena das etnias Cinta Larga e Suruí, bem como, a relação com outras etnias”. Agora a escola tem a tarefa de se preparar para receber a equipe de gravação. “É preciso ensaiar, conseguir figurinos, atores, figurantes, verificar os locais de gravação, entre outras coisas”, finalizou Fabrícia.
O concurso é organizado pelo OEI, em parceria com a Secretaria de Educação Básica e a TV Escola, do Ministério da Educação e está inserido no compromisso dos países ibero-americanos com o Projeto da OEI Metas Educativas 2021.
Achei aqui.

Homem se casa com o cunhado e pede a guarda dos filhos

Um caso no mínimo inusitado chamou a atenção dos 78 mil habitantes de Cacoal-RO. Um homem de 36 anos separou-se de sua esposa de 23 anos para ‘casar-se’ com o cunhado de 38.

Flávio Serapião Birschiner estava casado há dois anos com Ana Paula Rochinha Birschiner. O casamento parecia um conto de fadas até aparecer o ‘Lobo Mau’. Pedro Rochinha Siqueira, irmão de Ana Paula, e até então melhor amigo e único confidente, hoje é odiado pelas duas famílias.

Continuar lendo