Em Rondônia, cinco órgãos públicos federais estão em greve

No estado, cinco órgãos públicos federais estão em greve, segundo o presidente do Sindicato dos Servidores Públicos Federais  do Estado de Rondônia (Sindsef), Daniel Pereira. Estão parados Fundação Nacional de Saúde (Funasa), Fundação Nacional do Índio (Funai), Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra), Ministério da Saúde e Superintendência de Administração do Ministério da Fazenda em Rondônia (SAMF).

Continuar lendo

Problema: INCRA paralisa suas atividades e adere Greve nacional

Os servidores do INCRA estão paralisados atendendo ao chamamento da Condsef e do Sindsef que pretende pressionar o governo federal a cumprir os acordos prometidos e conceder alguns benefícios para a categoria. Daniel Pereira disse que “Há muito tempo que o governo não concede reajustes”.

Em seu discurso, o sindicalista Mário Jorge disse que infelizmente “Temos que aguardar a decisão do governo federal até o dia 31 de julho para sabermos qual a posição deles com relação às reivindicações dos servidores”, mas a paralisação deve continuar.

Além das reivindicações do eixo central dos servidores, como forma diferenciada, o INCRA quer o fortalecimento da autarquia, equiparação salarial com a tabela do mapa e melhores condições de trabalho.

Com relação aos cortes dos pontos, a Condsef orienta os sindicatos de cada unidade da federação ingressem com Mandado de Segurança para garantir o direto de greve. A paralisação no órgão está bem fortalecida e os servidores não pretendem recuar.

Achei tudo aqui.